19 Oct 2019 17:45
Logo Lêaí

O conto da aia: para ler e ver

o-conto-da-aia--para-ler-e-ver-1

Foto: Lêaí

Recentemente terminei de ler o livro “O Conto da Aia”, de Margaret Atwood e, percebi que é uma obra necessária, que mostra várias lições que não são compreendidas. O livro conta, de modo detalhado, o pior da humanidade. Uma mistura de descaso com direitos humanos, o machismo presente em nossa sociedade e o fundamentalismo cristão.

Margaret relata cada momento de forma que conseguimos viajar até o local e nos perceber incluídos na história vivida por Offred, nos Estados Unidos. Vemos que não há nada distante da realidade retratado em seu livro, como a Escola sem partido, neonazismo, intolerância religiosa, e vários outros assuntos.

Se você ainda não leu esse livro, deixo aqui alguns motivos que podem fazer com que você se interesse. Como o fato de que é preciso entender, discutir e questionar a nossa história e o que levou a nossa sociedade a se tornar o que é hoje. Além disso, a obra serve para abrir os olhos sobre temas que, por vezes, podemos deixar de lado, achar normal, mas que precisam ser entendidos.

o-conto-da-aia--para-ler-e-ver-2

Foto: Divulgação

Porém, se caso você não quiser ler o livro, “The Handmaid’s Tale” é uma série adaptada do romance e, foi lançada no ano de 2017. Ela apresenta os pontos principais do romance, sendo uma representação bem formulada. Somos apresentados a um governo conservador e autoritário que tira todos os direitos das mulheres. As férteis passam a ser “máquinas reprodutoras” e as outras são enviadas para um lugar de tortura.

Em cada episódio, acompanhamos a história da aia, e todo o processo que ela passa. Vemos ela ser entregue a uma família e seu dia a dia, o qual ela quer fugir.

Tanto no livro, quanto na série, somos envolvidos do início ao fim. Você vai descobrindo sobre essa nova era, que se instaurou nos Estados Unidos.

Por fim, ambos citam a frase, em latim, “Nolite Te Bastardes Carborundorum”, que significa “Não permita que os bastardos reduzam você a cinzas”. Essa frase foi encontrada por Offred, cravada em um armário. Dessa forma, deixa uma mensagem, que por mais que as coisas fiquem ruins, o importante é não deixar que ninguém acabe com você, e continuar a lutar, assim como Offred fez.

"Este conteúdo é de responsabilidade de seu idealizador, não expressando a opinião do jornal."
Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Destaques


Geral 1 dia atrás

Saque do FGTS começa a ser pago hoje para não-correntistas

Agências de Parobé e Taquara estarão abertas também no sábado, para atendimento exclusivo do FGTS [...]

Educação 3 dias atrás

Inep divulga hoje os locais de provas do Enem

Recomendação é que estudante imprima cartão de confirmação [...]

Cultura

Cultura 3 semanas atrás

O Sexta tem Arte está de volta

CTG Essência Gaúcha se apresenta nesta sexta-feira [...]

Cultura 1 mes atrás

Doralino Souza lança novo livro

Lançamento contará com happy hour em Igrejinha [...]

Cultura 1 mes atrás

Matrix 4 é confirmado e terá Keanu Reeves

Lana Wachowski vai escrever, produzir e dirigir quarto filme da franquia [...]