21 Jul 2019 14:37
Logo Lêaí

Jovem Aprendiz gera mais de duas mil vagas de emprego em Parobé

jovem-aprendiz-gera-mais-de-duas-mil-vagas-de-emprego-em-parobe-1

Foto: Assessoria de Comunicação PM de Parobé

Na última quarta-feira (12), Dia Mundial contra o Trabalho Infantil, aconteceu em Porto alegre o VII Seminário de Aprendizagem Profissional do FOGAP (Fórum Gaúcho de Aprendizagem Profissional). Na ocasião estavam presentes representando o município, Presidente do COMUDE e membro da Comissão Executiva do FOGAP Geraldo Antônio Both, que foi mestre de cerimônia do evento, além do Vice-Presidente da Federação dos Trabalhadores na Indústria do Calçado e Vestuário do RS e Presidente do Sindicato dos Sapateiros de Parobé João Nadir Pires.

Durante a parte da manhã, Às 11h foi realizada uma audiência coletiva, que contou com a participação do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-RS), Ministério Público do Trabalho (MPT-RS) e Superintendência Regional do Trabalho (SRT-RS), com o foco em apontar caminhos para a inclusão da aprendizagem para empresas, que ainda não tem o Programa de Jovem Aprendiz. De acordo com a lei, todas empresas com mais de 7 funcionários são obrigadas a contratar de 5 a 15% de jovens aprendizes.

No período da tarde, foram realizadas diversas atividades dentre as quais se destacam a Apresentação da experiência de Porto Alegre no enfrentamento ao Trabalho Infantil pela COMPETI e a Apresentação teatral com os educadores do Projeto Pescar: "Protagonismo em rede transforma". No evento ainda foi lançado o selo comemorativo de 10 anos do FOGAP, além da quinta edição da revista Aprendiz.

Na cidade de Parobé, nos últimos 10 anos foram geradas mais de duas mil vagas para Jovem Aprendiz, no Estado estes números alcançaram um saldo de 300 mil jovens qualificados. Dentro deste número, se destacam os Calçados Bottero, que gerou cerca de mil vagas e os Calçados Bibi, na qual aproximadamente 300 jovens, além de outras 40 empresas da Indústria e do Comércio. De acordo com dados de abril de 2019, dos 268 jovens estipulados para qualificação, 70,3% foram qualificados em Parobé. Este índice de aprendizagem, atualmente é superior ao Índice Nacional e Estadual.

Para poder receber oportunidades no Jovem Aprendiz, as pessoas de 14 a 24 anos devem participar de um curso das 35 entidades participantes do programa, que no período de aprendizagem tem contrato com a empresa. “O objetivo ao longo desse ano, numa parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e as entidades formadoras da Aprendizagem é buscar os 100% de jovens aprendizes no município e dessa forma ampliar o número de jovens, que tenham a oportunidade de emprego por meio da qualificação profissional”, afirma Geraldo Antônio Both.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Destaques


Polícia 1 dia atrás

Acidente deixa uma pessoa morta na ERS 115

Colisão entre caminhão e moto aconteceu no quilômetro seis da rodovia [...]

Cidades 1 dia atrás

Parobé instala letreiro

Nome da cidade foi instalado junto ao viaduto de acesso ao bairro Alexandria [...]